O site sobre notícias que vai te tirar do sufoco!

Biblioteca promove debate: “Harry Potter” ou “Crepúsculo”?

Antes de mais nada, o’Sufoco tem a função de SOMENTE informar, trasmitir informações aos fãs. Somente isso. As opiniões formadas, cabe somente ao leitor.

captura-de-tela-inteira-2132009-004532

A Biblioteca Pública da cidade de Seattle, no estado de Washington (EUA), está organizando um “Grande Debate” para amanhã. Os fãs de “Harry Potter” e os de “Crepúsculo” irão expor diversos argumentos para defender a sua série favorita.

O projeto foi idealizado pelo “Team Read” (Time Leitura), um programa em que os adolescentes que acabaram a escola ajudam os mais jovens a ler. Para ter uma ideia de como será esse debate, o jornal local, o Seattle Times entrevistou duas garotas, uma fã do bruxinho, Alyssa Eldridge (15 anos) e a outra, Danielle Gregory (17 anos), fã de “Crepúsculo”. Leia a opinião das duas quando perguntadas a razão de não gostar tanto do outro livro:

A favor de Harry Potter (Alyssa Eldridge, 15 anos, do Garfield High School)
“A história de ‘Harry Potter’ é complexa e original, com diversos elementos fantásticos, incluindo um mundo inteiramente inventado que coexiste com o nosso. ‘Crepúsculo’ é uma história romântica, e não fantástica, e raramente merece ser tratada como tal. Uma grande razão de preferir ‘Harry Potter’ é o desenvolvimento dos personagens: os de “Crepúsculo” desenvolvem-se muito pouco ou nada, enquanto em ‘Harry Potter’, os personagens crescem e amadurecem com o leitor, levando-o (ou levando-a) mais a fundo na história”.

Contra Harry Potter (Danielle Gregory, 17 anos, da Franklin High School)
“Em ‘Harry Potter’, achei o primeiro livro interessante, mas começou monótono. Tive a oportunidade de começar pelo segundo, mas não prendeu muito a minha atenção. Com ‘Crepúsculo’ achei os personagens bem-definidos e realísticos. E ler um livro com os acontecimentos tendo lugar aqui em Washington [a cidade Forks, onde passa a trama, é localizada no estado], fazendo oposição à fantasia de Hogwarts, foi uma coisa com que eu me identifiquei”.

Confira a continuação da matéria, aqui.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s